| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Finally, you can manage your Google Docs, uploads, and email attachments (plus Dropbox and Slack files) in one convenient place. Claim a free account, and in less than 2 minutes, Dokkio (from the makers of PBworks) can automatically organize your content for you.

View
 

Coliseu

Page history last edited by PBworks 13 years, 3 months ago
 

O Coliseu
 

 

 

"Enquanto o Coliseu se mantiver de pé, Roma permanecerá; quando o Coliseu ruir, Roma cairá e acabará o mundo".

- Monge e Historiador Inglês Beda – Século VII

 

 

 

O coliseu de Roma foi construido ente 70 a 90. Iniciado por Flávio Vespasiano de 69 a 79, mais tarde foi inaugurado por Tipo por volta de 79 a 81 mas ainda inacabado. Finalmente foi concluido por Dominicano, filho de Vespasiano por volta de 81 a 96.

 

 

Este grande anfiteatro de planta elíptica, 188 por 156 metros, com bancadas que circundavam a arena, foi construído em terrenos onde outrora fora a habitação de Nero. É constituido por quatro níveis, onde poderam ser avistadas 3 ordens arquitectonicas com uma altura total cerca de 50 metros, apoiados unicamente pela poderosa grandiosidade da sua construção e por um anel artificial de rocha sólida, que garante o suporte de toda a estrutura sem qualquer preocupação.

 

Porém nem sempre foi a mesma estrutura: inicialmente possuia apenas 3 níveis,mas durante o reinado de Alexandre ser-lhe-ia acrescentado um quarto andar, adicionando 40 000 lugares aos 50 000 ja existentes. Com este aumento fica capaz de suportar de 70 a 90 mil espectadores.

 

Uma das inovações utilizadas para a construção desta maravilha do mundo, ao contrário de como era feito no helenistico não eram escavados em colinas, mas sim colocados em sitios abandonadas, de arcos, galerias, com ajuda dos conhecimentos técnicos de construção que os Romanos desenvolveram.

 

 

Construída em mármore, pedra trenvertina, ladrilho e tufo(pedra calcária com grandes poros). O mármore fora inclusive utilizado para fazer os assentos das enormes bancadas. Uma arquitectura sucessiva de arcos de volta perfeita e arquitraves demonstram a beleza do Coliseu, sem fazer esquecer que são eles que sustentam o imponente edifício.

 

A fachada contém arcadas decoradas com colunas dóricas, jónicas e coríntias, estando estas de acordo com o pavimento em que se encontravam. A subdivisão deve-se ao fato de ser uma construção maioritariamente vertical, acabando assim por formar  um novo cânone de construção:

 

- Jónica – possui capitéis ornamentados com duas volutas, com uma altura 9 vezes superior ao diâmetro; simboliza a mulher.  

 

- Coríntia – a ordem mais complexa das três. Possui fuste canelado e um capitel ornamentado com folhas de acanto, simbolizando a Natureza.

 

-Toscana
– capitel simples, com fuste liso e sem frisos.

 

A cavea escadaria ou arquibancadas dividiam-se em 3 zonas correspondentes às diferentes classes sociais:

 

- O podium para as classes altas;

- A maeniana, sector destinado à classe média, ou pórticos, contruídos em madeira, para a plede e as mulheres;

- E por fim a tribuna imperial ou pulvinar, encontrava-se situada no podium onde o imperador tinha o previlégio de se sentar nela (tribuna), lugar onde só tinham acesso os magistrados e os senadores de todo o Império.

 

 

 

Devido à sua dimensão, o Coliseu de Roma permitia a “diversão” continua de 50.000 pessoas sentadas numa extensa bancada em redo da arena- designação dada devido ao material que cobria o chão, areia- durante os jogos circenses que se realizavam a mando do Imperador.

 

 

No interior deste espaço enorme (ondena imagem pode ser avistado), desenvolviam-se uma vasta área subterranea de tuneis e espaços próprios onde dava acesso à arena, aos prisioneiros ou feras que eram mantidos por baixo de todo o espaço.

 

 

No interior, é mantido uma grande rede de galerias, rampas e tuneis que asseguravam a vida de qualquer um em momentos de evacuação do espaço, sendo estes protegidos por uma barreira e por uma série de arqueiros posicionados numa passadeira superior de madeira, para o caso de algum acidente.

 

Por cima dos muros ainda são visíveis as mísulas, que sustentavam o velarium, enorme cobertura de lona destinada a proteger os espectadores do sol e, nos subterrâneos, ficavam as jaulas dos animais, bem como todas as celas e galerias necessárias aos serviços do anfiteatro no século V.

 

No século V o Coliseu foi danificado por um terramoto, mas acabou por ser restaurado na época de Valentinianus III. Alguns acreditam que este edifício tenha sido um lugar dos primeiros martírios de cristãos e, por isso, o papa Bento XIV no século XVII, declarou-o um lugar sagrado.Ao longo dos séculos XV e XVI, foi por diversas vezes saqueado, perdendo grande parte dos materiais nobres.

 

O tipo de diversão que caracteriza a vivacidade do Coliseu variava consideravelmente: desde combates de gladiadores podendo envolver feras (como leões vindos de Africa) e escravos condenado terminado com a morte de um dos participantes do combate. Realizavam-se também naumaquias,batalhas navais onde água era desviada, usando aquedutos escondidos debaixo da estrutura do edifício, para a actual arena, modificada para albergar navios de guerra. Pode-se dizer que o Coliseu era o sitio ideal para quem queria pão e diversão.

 

 

Até ao séc. VI, após ser usado durante cerca de 500 anos, o Coliseu conheceu também outros fins: serviu de pedreira, oficina, forte, casa, sede religiosa e até de templo. Embora em ruínas, devido a pilhagens e a um terramoto em pleno século V, permanece como um símbolo do Império Romano da antiguidade. Actualmente serve de palco a atracções turísticas e visitas guiadas.

 

Em 2007, o Coliseu é eleito uma das Sete Maravilhas do Mundo 

 

 

 

 

 

 

 

Bibliografia:

-História da Arte, de H. W. Janson, Fundação Calouste Gulbenkian

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Trabalho realizado por:

- André Pires, nº 1

- João lamas, nº 9

 

E mais tarde por:

-Barbara de Sousa nº3

-Marta Silva nº11

 

 

Comments (24)

Anonymous said

at 5:10 pm on Feb 24, 2008

Olá João e André.

O trabalho numa primeira impressão parece estar bem feito. Porém, podiam ter eliminado os "adjectivos" das fontes que seguiram.

Relativamente à mostra das ordens, apção podia ter sido outra.

Apenas uma pergunta. Porque motivos a formatação do último parágrafo é diferente?

Carlos Vieira

Anonymous said

at 7:10 pm on Feb 24, 2008

Stor o ultimo parágrafo escapou-nos :S, no entanto já corrigi o problema.

E a que "adjectivos" se refere o stor?

Cumprimentos, João

Anonymous said

at 7:14 pm on Feb 24, 2008

Olá
Por exemplo "materiais sublimes" basta materiais.
Carlos Vieira

Anonymous said

at 10:35 pm on Feb 24, 2008

Stor materiais sublimes era para "pintar" o texto, não é de origem mas fui eu que acrescentei. Nem todos os edifícios eram feitos dos mesmos materiais que o Coliseu, daí serem sublimes/ raros.

Anonymous said

at 11:51 pm on Feb 24, 2008

Ok. Está explicado. Pode ficar.

Anonymous said

at 4:09 pm on Feb 26, 2008

Este e agora o nosso trabalho.

Anonymous said

at 7:06 pm on Feb 26, 2008

Bem vindas ao Coliseu.

Anonymous said

at 11:23 pm on Feb 27, 2008

Uau...sempre quero ver o que vão mudar aqui...

Anonymous said

at 9:07 pm on Feb 28, 2008

pds crer q vams mudar mt coisa

Anonymous said

at 2:51 pm on Feb 29, 2008

Nao têm muito que mudar, ta ai tudo.

Anonymous said

at 3:46 pm on Mar 3, 2008

Atenção aos textos que se importam da internet. O texto final tem de fazer sentido, não pode ser um sucessão novos parágrafos introduzidos.
Atenção ao código que vem da Internet. depois é dificil fazer alterações.

Anonymous said

at 6:08 pm on Mar 3, 2008

e certo q o trabalho foi feito um pouco a pressao, mas a imagem estava fantastica pois demontrava a beleza do coliseu ate mesmo a noite. ja tentanmos melhorar o q o stor achou q n tava bem e salientamos q corrigiu alguma partes q eram de informaçao ja dada desde o inicio do trabalho.
E achamos tb q o site onde tiramos informaçao estavam tao bom q n conseguimos desligar-nos dele, pedimos desculpa...

Anonymous said

at 10:42 pm on Mar 3, 2008

A imagem era boa, mas estava cheia de pixeis. A solução era arranjar uma maior.

Anonymous said

at 10:48 pm on Mar 3, 2008

Stor não percebe porque é que em sítios onde escreve as palavras ficam daquela cor azul/verde e outros sítios onde ficam a negrito nem dar para tirar, não percebo. Se conseguir fazer alguma coisa por isso, agradecia.

Anonymous said

at 6:39 pm on Mar 4, 2008

Podem tirar o André Pires? Ele não fez nada, quem fez tudo fui eu...

Anonymous said

at 7:13 pm on Mar 4, 2008

Apesar de desconfiarmos dessa situação, o grupo deve-se manter unido. Ai, Ai, Sr. João.

Anonymous said

at 12:59 am on Mar 5, 2008

Tudo bem é verdade. Mas eu apertava sempre para fazermos o trabalho e acabava sempre por fazê-lo e modificá-lo sozinho.

Anonymous said

at 3:23 pm on Mar 5, 2008

Tu queres é ficar com os louros todos João!

Anonymous said

at 3:25 pm on Mar 5, 2008

Nada disso. Porque não vais ver os posts do trabalho feitos pelo André? Só um: 50 metros... Ganda informação não achas?

Além disso ele nem vem à wikipedia, nem interesse nisso tem...

Anonymous said

at 3:29 pm on Mar 5, 2008

Está bem João, mas o grupo, como o stor disse, mantêm-se unido! Ao dizeres isso tas a tirar nota do André, não é que ele mereça mas tu és AMIGO dele, mas parece que não! Oh Mr.Fybras, you take chennical ?

Anonymous said

at 8:27 pm on Mar 5, 2008

n acredito q n tenho assistido a isto...tou completamente desapontada com o mr.fibras.N se trocam amigos pela escola!:| n achas q o stor sabe smp quem faz os trabalhos?! n me vou submeter a estas discussoes, n há o minimo de coraçao:S

Anonymous said

at 8:27 pm on Mar 5, 2008

e é bom q o andre n saiba disto!

Anonymous said

at 10:22 pm on Mar 5, 2008

Tudo bem, mas agora vamos fazer os dois o trabalho do Trajano, não vou fazer sozinho... Isto é trabalho a pares supostamente.

Anonymous said

at 11:41 am on Mar 8, 2008

Stor, acha que é preciso alterar mais alguma coisa? Eu acho que já se pode considerar completo.

You don't have permission to comment on this page.