| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Finally, you can manage your Google Docs, uploads, and email attachments (plus Dropbox and Slack files) in one convenient place. Claim a free account, and in less than 2 minutes, Dokkio (from the makers of PBworks) can automatically organize your content for you.

View
 

Calígula

Page history last edited by PBworks 13 years, 3 months ago

'Caligula'

Gaius Caesar Augustus Germanicus

(AD 12 - AD 41)

 

 

Gaius Caesar Germanicus, 3º Imperador de Roma, mais conhecido por Caio Calígula, nasceu a 31 de Agosto de 12d.C em Anzio e morreu em Roma a 24 de Janeiro de 41d.C.

 

Como vivia desde sempre nos acampamentos militares com o seu pai, era querido por todos os soldados que o viram crescer, dando-lhe o querido sobrenome Calígula,  diminutivo de um tipo de sandália  (devido ao uniforme militar que utilizava quando era uma criança).

caliga

 

 Filho de Germânico e de Agripina. seu pai,Germânico , era general do Império Romano, e ao morrer aos 34 anos, Calígula tornou-se , filho adoptivo do imperador de Roma, Tibério.

Calígula sucedeu a Tibério, , foi aclamado novo imperador romano pelo povo e pelo Senado (37 d. C.) aos 25 anos sendo nomeado imperador.

Historiadores da época afirmaram que Calígula fez parte do assassinato de Tibério. Este, designou-o como um dos seus herdeiros juntamente com Tibério Gemelo, seu neto. Segundo o falecido imperador romano, Calígula tinha todos os vícios dos pais e nenhuma de suas virtudes. Desde pequeno que era ambicioso e por isso não quis perder tempo. Depois de saber que o neto do ex-imperador de Roma o acompanhava na sucessão para o trono fez com que o senado romano anulasse o testamento e fizesse dele um imperador sem nenhum parceiro (Calígula manda alegadamente assassinar Tibério Gemelo).

Calígula começou o seu reinado de uma forma muito liberal, como Nero. O povo romano pensava que estavam no início de um reinado sossegado e feliz, mas não foi isso que aconteceu.

Por volta do ano 40, realizou uma expedição à Germânia para acabar a rebelião do general Cornélio Lêntulo Getúlico e outra à Gália, a fim de conquistar a Bretanha. Anexou o reino da Mauritânia e, na Judeia, nomeou rei seu amigo Herodes Agripa.

 

 Com os gastos públicos descontrolados perseguiu, ordenou a execução dos romanos mais ricos e e matou muitas personalidades importantes, para confiscar-lhes os bens. Vítima de diversas conspirações, como a do senador Marco Emílio Lépido, acabou assassinado em um esquema armado por  Cássio Quéreas, tribuno da guarda pretoriana.

 

 Em termos de obras públicas a sua mais importante foi o início da construção do aqueduto Cláudia, iniciado em 38 e terminado no governo de Cláudio (Tiberius Claudius Drusus Nero Germanicus, Claudius I), seu sucessor.

O facto do seu reinado não ter sido assim tão positivo pode ser visto no filme “Caligola” (1) de 1979, onde este mantinha um bizarro caso sexual com a sua irmã, sendo famoso pelas suas relações com prostitutas. Acabou por adoecer (com uma febre cerebral). Dizem que a causa da doença foi devido ao excesso de participações em orgias e foi partir daí que revelou a sua maldade.

Este reinado tornava-se sem dúvida inesquecível. Divertia-se torturando os presos e os escravos à frente dos seus familiares, aumentou os impostos a valores altissimos e fazia gastos exagerados. Ordenou que as suas estátuas e bustos fossem colocados em locais visíveis e com destaque em todos os templos e até em sinagogas em Jerusalém. Ao cometer essas acções iniciou conflitos com os judeus, que não aceitavam os desejos do imperador Romano.

 

Calígula queria ser considerado e adorado como um Deus. A sua loucura era tanta que chegou ao ponto de nomear o seu cavalo, Incitatus, como senador romano, sacerdote e guarda pretoriana (2) para que tomasse conta de si enquanto dormia. A sua intenção ao cometer tais actos era humilhar o senado Romano, demonstrando que podia fazer o que quisesse com a vida de quem quisesse.

 

Tudo isto lhe valeu o ódio dos cidadãos romanos, dos soldados e dos oficiais que viviam para o proteger e apoiar todos os seus actos loucos e irresponsáveis. Estes começaram a ficar fartos e por isso decidiram acabar com o seu reinado. Fizeram-no preparando uma conspiração para o assassinar (é provável que também tenham matado a sua mulher Milonia Caesonia e filha Júlia Drusilla) e acabar com tudo o que recordasse o louco império.

Toda a sua loucura deveu-lhe um império inesquecível. “Botinhas” é agora lembrado pelo terror que provocou às pessoas. A sua frase: “Oderint dum metuant”(3) tornou-se célebre e é agora lembrado pelos livros e filmes que relatam a sua história.

 



YouTube plugin error

 

 



(1) Uma produção ítalo-americana, feita no final dos anos 70. O filme mais polémico do cinema mundial devido ao sexo explícito que é demonstrado para caracterizar a vida sexual de Calígula. 

(2)Posto militar que servia para guardar o imperador e os seus familiares.

(3) Deixa-os odiar tanto como têm medo.

 

 

Bibliografia:

- http://www.bbc.co.uk/history/historic_figures/caligula.shtml

- http://www.arqnet.pt/portal/biografias/caligula.html

- http://pt.wikipedia.org/wiki/Caligola

- http://pt.wikipedia.org/wiki/Cal%C3%ADgula

- http://www.discoverybrasil.com/guia_roma/lideres/caligula/index.shtml

- http://youtube.com/watch?v=_JoPwCZDEKQ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments (14)

Anonymous said

at 3:07 pm on Feb 23, 2008

Olá

Tomei a liberdade de colocar o video do utube de modo diferente.

Anonymous said

at 3:51 pm on Feb 23, 2008

ola stor, o video ta mlhr mas n percebo pq tirou o ultimo paragrafo, tava engraçado!

Anonymous said

at 12:52 pm on Feb 24, 2008

Porque e que o stor colocou a frase "Calígula sucedeu o seu pai adoptivo aos 25 anos sendo nomeado imperador." no fundo da pagina ?

Anonymous said

at 11:46 pm on Feb 24, 2008

Olá
Eu não tirei nada. Apenas coloquei o filme no fim. Também ia perguntar porque motivos estava esa frase no fim.
Falta a Bibliografia.

Anonymous said

at 3:30 pm on Feb 25, 2008

Pois stor, mas desapareceram dois paragrafos, e se nao fui eu nem a marta nem o stor quem e que foi ?

Anonymous said

at 3:44 pm on Feb 25, 2008

conversas na wikipedia:P yehh

Anonymous said

at 4:03 pm on Feb 25, 2008

Já esta a bibliografia e voltamos a colocar os parágrafos. Espero que o stor não desconte pois pensamos que tinha sido o stor a tirar.

Anonymous said

at 4:18 pm on Feb 25, 2008

acho q foi algum aluno:)...

Anonymous said

at 10:40 pm on Feb 25, 2008

Possivelmente fui eu quando coloquei o filme. Fiquei na dúvida onde seria o melhor local. Se junto ao parágrafo onde estava, mas ai tinha de alterar a vossa estrutura e não era correcto, ou inseria-o no final. Acabou por ser esta a minha opção.

Anonymous said

at 4:16 pm on Feb 27, 2008

Salomão, era aqui que era para escrever o nome.

Anonymous said

at 4:20 pm on Feb 27, 2008

"Filho de Germânico e de Agripina e neto adoptivo de Tibério Germânico, seu pai, era general do Império Romano, e ao morrer aos 34 anos, deixou Calígula tornando-se este, filho adoptivo do imperador de Roma, Tibério."
Esta frase está mal formulada. Atenção ao Português do Brasil.

Anonymous said

at 11:35 pm on Feb 27, 2008

Ai o Copy/Paste...

Anonymous said

at 11:42 pm on Feb 27, 2008

Stor quem é que chama Cláudia a um aqueduto? Não havia nome melhor?

Anonymous said

at 11:44 am on Mar 2, 2008

Era em honra do Imperador.

You don't have permission to comment on this page.